LEMBRA-SE?

LEMBRA-SE? | Fechámo-nos em casa. Lembra-se? As notícias eram alarmantes. Eram sempre alarmantes. Alarmantemente alarmantes. Não havia ventiladores que chegassem e, quando as primeiras encomendas

Ler mais »

TUDO É TEMPO E ARDE

Abre a porta devagar.Atravessa a rua.Trepa aos ramos matinais.Solta os pássaros presos.Se não forem pássarosserão teus dedos.Estende as hastesdos seus rebentos.Diz o silêncio em vozespara

Ler mais »

IMPRESSÃO DIGITAL

Os meus olhos são uns olhos. E é com esses olhos uns que eu vejo no mundo escolhos onde outros, com outros olhos, não veem

Ler mais »
Bruno Paixão

NOS TEUS OLHOS

Há qualquer coisa nos teus olhos que não me deixa partir. Queria soltar os braços comos as pétalas à primavera. Dizer a sílaba espessa no

Ler mais »

ANDA COMIGO VER OS AVIÕES

No dia em que foi noticiado o recuo no novo aeroporto de Lisboa, uma notícia no New York Times atualizava dados transmitidos pela sonda Perseverance, a partir

Ler mais »

O nómada do chão sagrado

Passaram várias horas e o ar arrefecera. Nos olhos lentos de Ahmin começava a aparecer Calum, tibiamente desfocado. Primeiro o nariz, depois os lábios, e

Ler mais »