Bangladesh, 2000

Encantadores do Oriente

Vogávamos sem medo. A reportagem desafiava-nos a seguir o voo triangular dos cisnes, o som de uma flauta de cana desaparecendo no ar, o crepúsculo

Ler mais »

Sempre no ar

Foi por volta de 1996 que fiz a minha primeira notícia para a Rádio Universidade de Coimbra. Depois das aulas, a meio delas, e às

Ler mais »
Caixa de Hibernação

Hibernação

EM HIBERNAÇÃO. É assim que vai ficar este livro escrito a partir dos muitos abismos com que nos confrontamos. Uma história que aborda as enormezas

Ler mais »

A rua

O chão amanhece cheio de pequenas pedras, assimétricas, irregulares, quase aplainadas. Assim como se flutuassem. Pedras que são todas elas ouvidos, são todas elas mudas.

Ler mais »

A Rua da Sofia

Só a muito custo um visitante percebe que a Rua da Sofia guarda o tesouro de maior potencial para entrar na Baixa. Quando em 1537

Ler mais »

Isto não é uma cadeira

Uma cadeira é uma cadeira. Tem quatro pernas e um encosto para as costas. Custa-me perceber, por isso, que continuemos a chamar cadeiras às disciplinas.

Ler mais »